Reinvente seu negócio em 5 passos simples

Há um novo consumidor na área. Especialistas do mercado apontam que o comprador do século 21 é mais maduro, racional e consciente de seu papel como cidadão. Esse tipo de comportamento faz com que os varejistas estejam sempre desenvolvendo novas ideias para não perder espaço.

A lojista Mariana Camargo, de 31 anos, proprietária da Clamarroca Plus, tem se destacado ao trazer roupas com modelagens descoladas para o mercado plus size. Mais que isso: seu estabelecimento promove impacto social. “Eu sou gorda, eu me aceito, mas sempre tive dificuldade de encontrar roupas para mim. Então, decidi olhar para esse ramo e percebi que tem muita gente como eu”, afirma a comerciante. “Essa galera precisa se sentir representada.”

Além de investir em um setor pouco explorado, Mariana também inova na hora de fazer negócio. Confira cinco dicas da empresária para ser um lojista antenado:

Mude o seu negocio1 – Responsabilidade social
Ter uma empresa que se preocupa com o impacto que causa na sociedade é um traço marcante da nova geração de empreendedores. Mariana Camargo costuma dizer que não vende apenas roupas, vende atitude. “Quero que minhas clientes saibam que elas podem e têm todo direito de usar um jeans rasgado, uma saia com uma fenda grande etc. As roupas têm que caber nas pessoas. Ninguém precisa sofrer para caber em roupa nenhuma”, diz ela. “Desse jeito, ajudamos a mudar a cabeça de todos e isso melhora a sociedade.”

2 – Venda em várias frentes
Uma loja que não tem um site e não está ativa nas redes sociais é um estabelecimento que não existe. “É preciso oferecer opções para que os consumidores se sintam à vontade na hora de efetuar uma compra. Tem cliente que gosta de provar. Outras conhecem o produto e já podem pedir pela internet”, destaca Mariana.

Para quem já é lojista, mas precisa criar um ambiente on-line, a Cielo pode ajudar. A Loja Virtual Cielo permite ao comerciante montar sua página na internet. É prática e fácil de organizar. Aqueles que atualmente possuem um site podem adotar o Checkout Cielo, que já conta com sistema antifraude, garantindo um ambiente virtual mais seguro. O consumidor entra em um ambiente de pagamento da Cielo para finalizar a compra. Isso agrega mais confiança à sua marca.

Se você não tem um site, mas mantém páginas com seus produtos nas redes sociais (Facebook, Instagram e até WhatsApp), não se preocupe. A plataforma de e-commerce da Cielo pode gerar um link para você compartilhar com a sua clientela.

3 – Rede de influenciadores
Mariana descobriu um nicho pouco explorado pelos microempresários e também pelas mídias, e percebeu que os influenciadores digitais (blogueiros e youtubers) seriam essenciais para projetar sua marca. “Muitas blogueiras plus size são minhas clientes e elas são uma importante vitrine para os meus produtos”, aponta a empresária. Além dessa parceria, Mariana também está sempre atenta às suas redes sociais. “Faço vídeos e fotos das coleções e coloco tudo no Facebook e no Instagram”, comenta.

4 – Abrir espaço para parceiros
A Clamarroca Plus adotou o modelo de lojas colaborativas. Ela é a primeira a apostar nesse tipo de negócio pensado para o mercado plus size. Ou seja, além de vender roupas de sua marca, ela divide sua loja-vitrine com outras grifes. “Acho importante dar espaço para outras empresárias que estão começando, para que elas também tenham a chance de mudar o mundo.”

5 – Promoções tentadoras
Mariana sabe que produto de qualidade e bom atendimento fazem a diferença. Mas não há cliente que resista a uma boa promoção. A Cielo oferece uma mãozinha para os lojistas que desejam incrementar as vendas por determinado período. Com o Cielo Promo, o cliente pode criar ações automatizadas em poucos passos. Uma sugestão de promoção é oferecer um desconto quando as compras atingem um determinado valor.

Gostou do post e agora quer ser nosso cliente? Escolha uma das nossas soluções clicando aqui e venda muito mais.

Deixe seu comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *